Prezado(a) Aluno(a),

A regulamentação do Estágio Supervisionado tem por finalidade estabelecer os critérios de realização e validação do Estágio Curricular Supervisionado dos alunos do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, bem como suas rotinas, seu processo de acompanhamento e avaliação.

De acordo com a Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, estágio é o ato educativo curricular supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo do estudante. O estágio é uma situação real de trabalho, desenvolvida sob a supervisão de responsáveis, tanto por parte da empresa concedente quanto por parte da Fatec Ribeirão Preto.

Além de ser um requisito obrigatório para a conclusão do Curso Tecnológico, o estágio se constitui em instrumento de integração, treinamento prático, aperfeiçoamento técnico, cultural, científico e de relacionamento humano. Também é peça importante para a qualificação profissional do aluno, pois durante sua realização ele aplicará seus conhecimentos e, consequentemente adquirirá experiências práticas, o que certamente enriquecerá e sedimentará o aproveitamento do conteúdo teórico que lhe foi oferecido durante o Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

O programa de estágio é, neste sentido, uma busca pela complementação do ensino e da aprendizagem em conformidade com o conteúdo das disciplinas. Também procura capacitar o aluno na identificação de problemas e na proposição fundamentada de soluções dentro do contexto organizacional empresarial, a partir de uma perspectiva teórico-metodológica-científica.

Visando facilitar e agilizar a operacionalização dos trâmites legais relativos ao estágio obrigatório e não obrigatório, apresentamos a seguir a documentação necessária para que o procedimento de Estágio se inicie regularmente. 

 

IMPORTANTE: 

a) Segundo a Lei do Estágio, Lei 11.788/08 o aluno estagiário nunca poderá realizar mais do que 06 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais de estágio. Vale observar que não pode ocorrer conflito de horário de estágio com o horário das atividades acadêmicas.
b) Para que o aluno possa conhecer melhor o curso e avaliar se realmente sua experiência é compatível com a proposta acadêmica do mesmo, a entrega de documentos somente será admitida a partir do 3º. Semestre do curso, conforme previsto no Projeto Político Pedagógico.

 

ANTES DE INICIAR O ESTÁGIO: DOCUMENTOS 

Se você for realizar o estágio curricular obrigatório (exceto os casos de convalidação de estágio), deverá providenciar a seguinte documentação, cujos modelos encontram-se sob a forma de anexos, disponíveis para consulta e dowload:

1 – Duas cópias do Convênio de Concessão(Anexo 1)

2- Três cópias do Termo de Compromisso de Estágio (TCE)(Anexo 2)

3- Três cópias do Plano de Atividades de Estágio (PAE)(Anexo 3)

4- Três cópias da Ficha de Início de Estágio(Anexo 4)

5- Uma cópia da Apólice do seguro (devidamente autenticada). ATENÇÃO: Não será aceita a proposta de seguro, mas somente a APÓLICE assinada, com a devida autenticação bancária.

Sem a apresentação dos documentos acima descritos, não há a possibilidade de adesão ao procedimento regular do estágio. Caso você tenha alguma documentação pendente, providencie a entrega dos documentos faltantes junto à Secretaria Acadêmica, com a maior brevidade possível.

ATENÇÃO: Em hipótese alguma os documentos serão entregues diretamente ao professor; devem ser protocolados na Secretaria Acadêmica para devido registro em livro próprio e trâmite administrativo interno.

 

DURANTE E APÓS A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO: DOCUMENTOS 

Você deverá apresentar os seguintes documentos para análise e eventual conclusão de seu estágio:

6 – 1º Relatório – Relatório Parcial (ao final das primeiras 120 horas) – deve incluir a descrição pormenorizada das atividades realizadas nas primeiras 120 horas já realizadas. (Anexo 5)

7 – Ficha de Avaliação de desempenho do estagiário, devidamente preenchida pela Empresa; (Anexo 07).

8 – Declaração de horas estagiadas – documento preenchido pela Empresa, onde deverá constar o PERÍODO em que foi realizado o Estágio (data inicial e data final), bem como a QUANTIDADE TOTAL DAS HORAS ESTAGIADAS (01 via). ATENÇÃO: Nesta declaração deverá constar, obrigatoriamente o CARIMBO DA EMPRESA, com o CNPJ e a razão social da mesma (anexo 9).

9 – 2º Relatório – Relatório Final (ao final das 240 horas totais). (Anexo 6)Relatório final: deve incluir a descrição pormenorizada das atividades apresentadas no relatório anterior (parcial) e as atividades relativas às 120 horas finais (ou mais, se houver), contemplando, portanto, as 240 horas mínimas obrigatórias.

 

CONVALIDAÇÃO DE ESTÁGIO: DOCUMENTOS 

 “CONVALIDAÇÃO DE ESTÁGIO”, também chamada de “APROVEITAMENTO DE ESTÁGIO” ou “EQUIVALÊNCIA DE ESTÁGIO” é a hipótese na qual o aluno exerce emprego com registro em Carteira Profissional ou trabalho autônomo ou ainda de prestação de serviços devidamente regularizado junto aos órgãos competentes, desenvolvendo atividades compatíveis com o Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Se você se enquadra nessa situação, para proceder à convalidar de estágio, você precisará providenciar:

10 – Cópias autenticadas da sua Carteira de Trabalho:

a) Página onde consta a identificação – foto do empregado (frente e verso);
b) Página onde consta o contrato de trabalho (função, remuneração, etc);
c) Todas as eventuais alterações no registro funcional (promoções, mudança de função, etc);

11 – Cópia da Ficha de Registro do Empregado (localizada no Livro de Registro de Empregados). Essa é uma cópia simples, não havendo necessidade de ser autenticada.

12 – Declaração da empresa especificando as atividades desenvolvidas pelo aluno, constando o período em que foram desempenhadas as atividades a serem convalidas em estágio, cuja data inicial somente será a partir da matrícula regular no último semestre do curso (6º. Ciclo). Este documento deve apresentar-se em papel timbrado da empresa, com firma reconhecida do funcionário que firmou a declaração (reconhecimento de firma obrigatório) e carimbo da empresa no qual conste o CNPJ e a razão social da mesma(Anexo 10).

13 – Solicitação de processo de equivalência a estágio supervisionado (Anexo 08) – 01 via.

14 – Relatório Final de Estágio – descrição pormenorizada de todas as atividades realizadas no período computado para estágio (240 horas), descrevendo ações, atividades desenvolvidas (bem como sua importância e pertinência), metodologias, procedimentos e outras informações relevantes (Anexo 6)


Esperamos que os procedimentos elencados possam ser elucidativos e que também contribuam para o sucesso da realização do Estágio do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Sinceramente,

 

Prof. Fernando Marco Perez

Orientador de Estágio da Fatec Ribeirão Preto