CENTRO PAULA SOUZA

O Centro Paula Souza (CPS) é uma autarquia do Governo do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Presente em 322 municípios, a instituição administra 223 Escolas Técnicas (Etecs) e 73 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais, com mais de 310 mil alunos em cursos técnicos de nível médio e de nível superior tecnológicos.

Nas Etecs, cerca de 225 mil estudantes estão matriculados nos Ensinos Médio, Técnico integrado ao Médio e no Ensino Técnico, incluindo habilitações nas modalidades presencial, semipresencial, online, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e especialização técnica. As Etecs oferecem 151 cursos, voltados a todos os setores produtivos públicos e privados.

Já as Fatecs atendem mais de 85 mil alunos matriculados em 77 cursos de graduação tecnológica, em diversas áreas, como Construção Civil, Mecânica, Informática, Tecnologia da Informação, Turismo, entre outras.

Além da graduação, o CPS oferece cursos de pós-graduação, atualização tecnológica e extensão.

A instituição foi criada pelo decreto-lei de 6 de outubro de 1969, na gestão do governador Roberto Costa de Abreu Sodré (1967 – 1971), como resultado de um grupo de trabalho para avaliar a viabilidade de implantação gradativa de uma rede de cursos superiores de tecnologia com duração de dois e três anos. Sua missão é promover a educação pública profissional e tecnológica dentro de referenciais de excelência, visando o desenvolvimento tecnológico, econômico e social do Estado de São Paulo.

Em 1970, começou a operar com o nome de Centro Estadual de Educação Tecnológica de São Paulo (CEET), com três cursos na área de Construção Civil (Movimento de Terra e Pavimentação, Construção de Obras Hidráulicas e Construção de Edifícios) e dois na área de Mecânica (Desenhista Projetista e Oficinas), as duas primeiras foram instaladas nos municípios de Sorocaba e São Paulo.

A trajetória do Centro Paula Souza vai além de seus 45 anos de fundação. Sua memória mistura-se com a história centenária do ensino profissional público em São Paulo. Em 1969, o órgão nasceu com a missão de organizar os primeiros cursos superiores de tecnologia, mas no decorrer das décadas, acabou englobando também a educação profissional do estado em nível médio, absorvendo unidades já existentes e construindo novas Etecs e Fatecs para expandir o ensino profissional a todas as regiões do Estado.

Fonte: http://www.portal.cps.sp.gov.br

FATEC RIBEIRÃO PRETO

Criada pelo Governo do Estado de São Paulo mediante a publicação do Decreto nº. 61.370 de 20 de julho de 2015.

Iniciou suas atividades acadêmicas com a implantação do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com 80 vagas semestrais, sendo 40 para o período matutino e 40 para o período noturno.

  • No 2º semestre de 2017 foi implantado o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Negócios e Inovação, com 40 vagas semestrais para o período Noturno.
  • No 2º semestre de 2018 foi implantado o Curso Superior de Tecnologia em Sistemas Biomédicos, com 40 vagas semestrais para o período Noturno.
  • Atualmente possui aproximadamente 700 alunos matriculados nos 03 Cursos Superiores de Tecnologia.

As instalações da faculdade estão distribuídas em três blocos que abrigam 22 salas de aula, 4 laboratórios (3 de informática e 1 de redes de computadores) e espaço para outros 13 laboratórios (arquitetura de computadores, elétrica, eletrônica, física, elétrica, física óptica, microbiologia, química, bioquímica e mecânica de precisão), auditório, salas administrativas e biblioteca, entre outros ambientes.

 

Informações:

A Fatec Ribeirão Preto está situada à Av. Pio XII, 1255 – Vila Virginia, CEP 14030-250 – Ribeirão Preto/SP

Telefones: (16) 3919-2320/3919-1871

WhatsAPP: (16) 99331-1146

E-mail: contato@fatecrp.edu.br